April 22, 2019

October 9, 2018

August 22, 2018

August 6, 2018

Please reload

Posts Recentes

EU GOSTO DA EUROPA E A EUROPA GOSTA DE MIM

June 30, 2019

1/9
Please reload

Posts Em Destaque

TRÊS AMORES: HÁ 15 ANOS

February 20, 2017

 

"Oh, meu amigo desses anos dourados.

Me ajude a deixá-lo!"

 

Hoje, 20 de Fevereiro de 2017, faz 15 anos que meus olhos bateram nela pela primeira vez. Ela tinha só 17 anos, eu com meus 21, me enganou que usava óculos e me perdi completamente em um caldeirão de sentimentos que não compreendo até hoje. Tivemos uma história de anos depois disso. Uma história que acabou, mas que continua muito importante na minha vida.

 

Lembro-me de seu sorriso, de seus períodos depressivos e de seus momentos Beatrix Kiddo onde teria me fatiado em dois com uma Hattori Hanzō se tivesse a chance.

 

Nos conhecemos na faculdade, era 20/02/2002 às 20:02hs... um encontro cabalístico, parecia que era destino, já fiz planos pra vida toda, planejando casamento, casa de campo, bodas de prata e o caralho à quatro.

 

Tempos depois nossas vidas tomaram rumos divergentes, foi um baque, sangrei como jamais havia sangrado, chorei como jamais havia chorado e sofri como jamais havia sofrido. Mas as cicatrizes invisíveis ficaram, as marcas eram eternas e para sempre, continuam até hoje no meu corpo, no meu cérebro, na minha alma.

 

Não tem como ouvir U2 sem lembrar dela.

 

Não tem como assistir uma comédia inglesa sem lembrar dela.

 

Não tem como olhar pra trás e não olhar pra ela.

 

Nem tudo era perfeito, afinal ela tinha um chulé horrível, mas vamos deixar as coisas ruins no passado, né? As brigas e os ciúmes doentios.

 

Foi meu primeiro amor, a primeira mulher que fiz amor, que dormi ao lado e que significou o infinito e além, mas não foi a única que tocou minha alma desta maneira, apenas a primeira.

 

Engraçado que no 15º aniversário eu ainda me lembre de você, mesmo estando tão longe, nesses alpes, com outro e que já não signifiquemos o que significamos um para o outro.

 

No meu emprego novo a primeira cliente que atendi tinha o seu nome, parecia algo kármico, mas era apenas o universo, agindo como sempre age de maneira caótica para me atingir.

 

Faz tempo que não nos falamos, mas onde estiver, hoje, pensei em você e espero que esteja feliz, minha eterna companheira, minha eterna amiga e uma das cicatrizes no meu coração, a primeira.

 

---------------------------------------------------------------------------------

 

Texto em Itálico: Extraído do Filme "Além da Linha Vermelha" (1998) de Terrence Malick

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags