April 22, 2019

October 9, 2018

August 22, 2018

August 6, 2018

Please reload

Posts Recentes

EU GOSTO DA EUROPA E A EUROPA GOSTA DE MIM

June 30, 2019

1/9
Please reload

Posts Em Destaque

DIVAGAÇÕES SOBRE O CRESCIMENTO

May 30, 2012

 

Eu sempre fui o garoto inteligente da classe. Aquele esquisito que ninguém convidava para ir às festas, mas o primeiro que procuravam para colar na prova. Acabei virando astronauta e sempre pensei que isto ia fazer com que as pessoas me vissem de maneira diferente, mas agora eu vejo que tanto faz se eu fosse um motorista de ônibus. Estamos todos no mesmo barco, somos seres minúsculos achando que somos importantes em um vasto universo que nem nota a nossa presença.

 

Crescer com certeza foi a coisa mais difícil pra mim, mas deve ser a coisa mais difícil pra qualquer ser pensante em qualquer parte do universo. Crescer significa que temos que descobrir quem realmente somos, o que queremos, o que pensamos, o que nos faz sorrir e o que nos faz chorar, o que devemos conter dentro de nós mesmos e o que devemos expressar não importa a quem machucamos. Crescer é difícil. Nossos pais e meios familiares muitas vezes mais atrapalham do que ajudam, pois eles querem que sejamos iguais a eles ou melhores. Querem que herdemos seus costumes e seus trejeitos unicamente porque partilhamos uma parcela ínfima de DNA.

  

Hoje meus pais se orgulham de mim.

 

“E esta é a foto dele com a roupa espacial” – diz meu pai para todas as pessoas que vão visitar sua casa.

 

“Mas durante o caminho para chegar até aqui ninguém se orgulhava. Ninguém se importava.”

 

O que ninguém entende é que não sou melhor que ninguém, voltando ao assunto do motorista de ônibus, muitos vão viver muito mais do que eu, muitos vão tocar mais vidas humanas do que eu, muitos vão ser bem mais significativos para suas histórias individuais do que eu. Então qual a grande diferença?

 

O grande problema das pessoas é que elas não sabem crescer. Crescer não é fácil, mas eu já disse isso.

 

Não gostaria de voltar ao passado. Algumas pessoas quando estão na beira da morte devem pensar em corrigir algo, em mudar algo ou em fazer algo diferente, mas só de pensar em crescer de novo prefiro deixar as coisas como estão.

 

Era tímido em excesso quando tinha meus treze anos, qualquer garota me fazia suar e gaguejar ao mesmo tempo. Sentia-me minúsculo, diferente da maneira que me sinto agora contemplando o infinito, de uma maneira muito pior. Sentia-me minúsculo e horrível. Uma abominação. Um monstro insectóide que se alimenta de suco humano. “Corram!” – pensam as pessoas quando me olham – “Fujam!”.

 

Não sei por que me sentia assim...

 

Na verdade eu sei...

 

Insegurança.

 

Algumas pessoas gostariam de nunca ter crescido e de fato algumas nunca o fazem. Invejo-as. Mas porque uma pessoa como eu, que aparentemente tem um bom emprego, uma boa casa e uma vida estável (Você não tem mais nada disso) inveja essas pessoas que nunca crescem?

 

Porque crescer é difícil, mas eu acho que já disse isso.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags