NADA PRA FAZER/ESCREVER


Vitor estava sentado na frente do seu computador, não tinha nada pra fazer, ficou encarando o seu reflexo no fundo escuro do descanso de tela.


Entrou num site de putaria, bateu uma punhetinha e depois ficou pensando que não tinha nada de bom passando na televisão.


Entrou num site com pirataria de quadrinhos, fez o download de uma meia dúzia e leu todos pensando “Se eu tivesse um macaco, também ia se chamar Ampersand”.


Entrou no Soulseek e pegou três álbuns completos do David J., ouviu todos com uma certa nostalgia, lembrou do final dos anos 90 quando escutava estas mesmas músicas quase todos os dias.


Abriu a geladeira e bebeu cinco latas de cerveja com salgadinho de pimenta.


Deu comida para os peixes.


Ligou a televisão, se recordou de que havia lembrado antes que só havia programas ruins passando e desligou rápido.


Foi ligar para alguém, então percebeu que o celular estava sem bateria. Lembrou-se que havia esquecido o carregador na casa da Beatriz.


Leu um conto do Marcelo Mirisola enquanto cagava e depois ficou sentado mais um tempo no trono pensando que não tinha mais porra nenhuma pra fazer. Tomou um banho demorado ouvindo os mesmos CDs do David J. que tinha acabado de pegar no Soulseek e ouvira algumas horas atrás.


Entrou no Facebook, colheu seus tomates no Farmville e plantou melancias.


Foi até a geladeira e percebeu que a cerveja tinha acabado, virou um copo de rum seguido de um copo de suco de pera.


Deitou na cama e dormiu.


Outro domingo havia passado.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2017 by Me Leve Para Longe

  • Twitter Classic
  • Facebook Classic