AMOR "JEN" EGOÍSTA X AMOR "IMALA" ALTRUÍSTA


- Como você sabe que ama Imala? – Ferzan não queria gerar polêmica, afinal, ele mais do que todos, tentava ficar longe de polêmicas.


- Oras... – Bram foi pego desprevenido pela pergunta – Eu simplesmente sei.


Ferzan percebeu o constrangimento da pergunta e quis mudar logo o assunto, mas Bram odiava quando o amigo tentava evitar discussões, como se vivesse a vida pisando em ovos.


- Lembra da Jen? – pronto, o assunto estava de volta e não tinha nada que Ferzan podia fazer, o guitarrista fez que sim com a cabeça – então, eu não amava Jen.


- Você ficou bem mal quando ela foi embora.


- Exato, este é o meu ponto!


- Quer dizer que se Imala for embora você não vai ficar mal?


- Não, obviamente vou ficar pior.


- Que tipo de argumento é esse? – Ferzan agora achava que Bram estava bêbado ou algo do tipo.


- O que quero dizer é – Bram procurava as palavras certas – quando Jen se foi eu fiquei mal porque estava perdendo ela e não necessariamente porque ela estava indo embora. Jen me fazia falta, mas todos os meus sentimentos eram sobre mim e não sobre Jen. Eu fiquei mal por puro egoísmo, não estava dando à mínima se era o melhor pra ela, todo o sentimento que aflorava era sobre eu estar sem a Jen... e não de como Jen estava se sentindo.


- Certo, mas qual a diferença se Imala se for? Realmente acredita que vai ser diferente?


- Se eu perceber que ela vai ser mais feliz longe de mim, bem, vou me despedaçar aos poucos, mas vou querer ela bem longe de mim, só quero ver ela mais e mais feliz. Acho que isto é amor, sei lá... por isso acho que amo Imala e não amava Jen, são coisas diferentes.


- Egoísmo contra altruísmo?


- Algo do tipo.


- Você está sendo idiota, não existe este tipo de amor.


- Se Imala entrasse por esta porta agora e dissesse que precisaria de mim longe pra ser feliz eu iria embora na mesma hora.


- Jura? – Ferzan parecia não se importar mais com a polêmica.


Antes que Bram jurasse Imala entrou e foi em sua direção, disse algo em seu ouvido, ele sorriu e os dois saíram de mãos dadas sem falarem mais nada.


Ferzan terminou a cerveja e foi pra casa masturbar o ego tocando guitarra.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2017 by Me Leve Para Longe

  • Twitter Classic
  • Facebook Classic